7 dicas para se destacar como freelancer

    0
    590

    Balancear trabalho e vida pessoal sempre foi um desafio. E a resposta para esse equilíbrio pode estar no modelo de trabalho freelancer, para quem busca maior qualidade de vida. Em tempos de crise, para quem perdeu o emprego, o modelo também é uma boa opção. O fato é que nos últimos anos a atividade freelancer tem crescido e se popularizado como uma opção de trabalho.

    No entanto, aterrissar nesse universo não é uma tarefa fácil. Por isso, o Freelancer.com, plataforma de freelancer e crowdsourcing do mercado, que conta com mais de 640 mil freelancers brasileiros cadastrados e trabalhando para empresas em países como Estado Unidos, Reino Unido, Austrália e mesmo companhias brasileiras, entre outros, reuniu 7 dicas para quem quer se tornar um freelancer de sucesso. Confira e boa sorte!

    1. Escolha a sua área de competência corretamente, um nicho que é valor único e adicione ao seu perfil. Tente posicionar-se fortemente na sua área e não se expandir para todos os segmentos.
    2. Se você nunca foi um freelancer, o pontapé inicial pode ser difícil. Sem um histórico e portfólio de projetos anteriores, pode ser árdua a tarefa de convencer o cliente a contratá-lo. No entanto, uma vez que você começar a ter algumas tarefas sob seu comando, será capaz de mostrar o seu trabalho para futuros potenciais empregadores, mas você pode ter que fazer um pequeno projeto sem ser remunerado para se provar inicialmente. E você poderá mostrar que tem uma visão sobre o que querem e como você é perfeito para fazer o trabalho.
    3. Estabeleça uma rotina, com um horário rígido para começar e encerrar o trabalho. Escolher um local adequado, silencioso, organizado e com boa conexão à internet também ajuda a ter uma rotina estruturada e produtiva.
    4. Evite fazer parecer que a sua oferta é muito promissora ou boa demais para ser verdade. Não tenha medo de dizer “não” para projetos questionáveis.
    5. Não se candidate para tudo. Seja seletivo. Como um profissional independente, sinta-se livre para escolher os seus clientes.
    6. Conheça sua área de atuação: familiarize-se com preços ou custos correntes para evitar que você seja enganado ou induzido a trabalhar por baixo custo.
    7. Mantenha-se atualizado, fazendo cursos dentro da área de sua competência.Tente posicionar-se fortemente na sua área e não se expandir para todos os segmentos.

    comentários