Apdata investe em internacionalização

    0
    330

    Bertolo-textoRoberto Bertolo, diretor de negócios internacionais da Apdata, empresa de tecnologia, serviços de terceirização e consultoria em RH, conta sobre a o planejamento da empresa em expandir seu campo de atuação para clientes internacionais:

    Como se dá esse processo de internacionalização dos serviços da Apdata e quais são os objetivos desse planejamento?
    Pretendemos expandir atuando por meio de importantes parcerias e na conquista de clientes globais que queiram rodar o RH em uma única plataforma. A estratégia faz parte do plano de crescimento da companhia no mercado internacional. O objetivo é que em três anos os clientes internacionais representem 30% da carteira, em relação ao Brasil, e um faturamento em torno de 35% a 40% vindo do exterior

    Qual a sua visão sobre RH e como é o cenário da área hoje?
    Redução de custos, produtividade, automação, simplicidade, qualidade e agilidade para obter informação para tomada de decisão são algumas das muitas operações realizadas pelo setor do RH, e são alguns dos fatores que levam as companhias a adquirir plataformas de tecnologias para recursos humanos. Atualmente, as principais tendências para a área estão nos chamados autosserviços, em que o profissional consegue, por meio de um clique, emitir declarações, solicitar alterações ou esclarecimentos sobre seus dados, entre outros serviços.

    E como funciona esse processo de parceira para a expansão?
    Contamos com parceiros de vasto conhecimento em serviços, que servem como um braço local para apoiar em todos os temas de leis trabalhistas e tributárias. Essas alianças têm como principal objetivo o compartilhamento do conhecimento e atendimento local do parceiro, com a solução de tecnologia global da Apdata para a gestão de recursos humanos e folha de pagamento.

    comentários