Carreira acadêmica ou mercado?

0
3564

Mestrado, MBA ou especialização. Qual desses cursos de pós-graduação é o mais adequado para a carreira? Essa é a pergunta que muitos profissionais recém-formados, ou que atuam há anos no mercado, mas buscam novos conhecimentos, fazem. Como o mercado educacional tem uma boa gama de cursos, a dica de especialistas no assunto é checar se o perfil do curso está adequado com o seu momento na carreira e suas expectativas profissionais.

No Brasil, a pós-graduação se organiza em lato sensu e stricto sensu. Na primeira modalidade, temos cursos voltados à prática profissional. Enquadram-se como cursos lato sensu a especialização e o MBA (Master in Business Administration), um curso de formação de executivos na área de administração em que os alunos estudam matérias de finanças, contabilidade, recursos humanos, marketing entre outras.

Já os cursos stricto sensu têm um viés mais acadêmico. São cursos voltados à pesquisa. Além de instruir pesquisadores, a pós-graduação stricto sensu pode preparar docentes para a área de educação superior ou profissionais de alto nível para determinados segmentos da economia. Os cursos dessa modalidade conduzem ao título de mestre (mestrado profissional ou mestrado acadêmico) e de doutor (doutorado). Veja abaixo mais detalhes de cada um desses cursos. Confira a seguir:

â–º Especialização

Esse é o curso mais indicado para os recém-formados que não sonham com profissões acadêmicas. A especialização aprofunda conhecimentos em áreas específicas e direciona a carreira. Até pelo aspecto mencionado, ela também é indicada para profissionais que estão em transição de carreira, um profissional da área de comunicação que queira atuar em RH, por exemplo.
Duração: mínimo de 360 horas
Idiomas: o conhecimento da língua inglesa é exigido em alguns cursos

â–º MBA

O Master in Business Administration é voltado para a prática profissional, procurado por profissionais que já estão no mercado de trabalho. Geralmente, os cursos solicitam uma experiência de pelo menos três anos no mercado. Em algumas instituições, para cursar um MBA, exige-se ainda que o aluno tenha cargos importantes, como gerente ou diretor de empresas. A explicação para essa exigência é simples: como esses estudantes buscam se aperfeiçoar em um ambiente de sala de aula, a socialização no curso é um grande diferencial. A ideia é a construção de uma rede de relacionamentos com pessoas que estão no mesmo patamar ou um nível mais avançado no mercado de trabalho. As abordagens no MBA são sobre práticas usadas no mundo corporativo, geralmente assuntos que interessam a executivos e profissionais com cargos de coordenação ou direção.
Duração: entre 18 e 24 meses
Idiomas: a maioria dos cursos exige o conhecimento da língua inglesa.

â–º MBA Executivo Internacional

O MBA Executivo Internacional tem como objetivo aprimorar a capacidade de executivos experientes em analisar as organizações e mercados no contexto de competitividade internacional. O curso tem como intuito formar dirigentes empresariais com visão global de negócios, atualizados e capacitados para formular e liderar a implementação de estratégias competitivas. No Brasil, poucas instituições de ensino possuem esse tipo de master.
Duração: entre 18 e 24 meses
Idiomas: é imprescindível o conhecimento da língua inglesa.

â–º Mestrado acadêmico

O curso é voltado para o ensino e a pesquisa, procurado por quem deseja ser pesquisador ou lecionar. Apesar de grande parte dos formados em pós stricto sensu seguirem carreira como professores, há espaço para que o titulado fique em ambiente corporativo. A inserção de empresas estrangeiras no país está criando a cultura de mestres e doutores no quadro de funcionários, assim como ocorre fora do Brasil.
Duração: de 12 a 24 meses
Idiomas: algumas instituições exigem, outras não.

â–º Mestrado profissional

O curso também é voltado para o ensino e a pesquisa, porém com um viés menos teórico. O mestrando desenvolve um projeto com foco no mercado de trabalho. Podemos dizer que a diferença entre essas duas modalidades de mestrado pode ser descrita nas palavras teoria e prática. O mestrado profissional envolve menos teoria e mais prática ao contrário do acadêmico.
Duração: entre 12 e 24 meses
Idiomas: a maioria exige a comprovação de proficiência em língua estrangeira

â–º Doutorado

O doutorado é o passo seguinte ao mestrado. Durante o também denominado Ph.D., Doctor of Philosophy, o aluno consolida e intensifica o aprendizado, tornando-se um pesquisador. É essencial para a seleção ao doutoramento a demonstração de qualidades e experiência em pesquisa. Um bom currículo acadêmico na graduação é condição indispensável, além da elaboração de uma tese original.
Duração:  entre 36 e 48 meses
Idiomas: necessária comprovação de proficiência em língua estrangeira

comentários