Case: Empresas apostam no conceito de andragogia em treinamentos

0
1598

Companhias brasileiras estão cada vez mais atentas a este conceito e seus princípios. Profissionais da área de Recursos Humanos passaram a incluir experiências, motivação e autocontrole, três dos aspectos que compõem a andragogia, como base para desenvolver novas propostas de treinamento e capacitação de funcionários.

Na Alelo, empresa brasileira do segmento de cartões-benefício, os aspectos da andragogia foram direcionados para a implementação de novas ferramentas, como o “Gamification”, que utiliza recursos lúdicos no processo de ensino, e o do “World Café”, dinâmica de reuniões que propõe um formato interativo, com discussões abertas e colaborativas. Ambas com trazem a proposta de repaginar os tradicionais treinamentos corporativos, costumeiramente professorais e, por muitas vezes, sem ritmo. “Com base no conceito de Gamification criamos um jogo de tabuleiro exclusivo, utilizado durante a integração de boas-vindas aos novos colaboradores. Este game permite que os recém-chegados conheçam a empresa, seus valores e o que esperamos dos nossos profissionais”, explica Soraya Bahde, diretora de RH da Alelo.

“Desenvolvemos, também, um jogo específico para o treinamento de vendas do Alelo Vale-Transporte, um dos nossos produtos mais complexos. O uso deste game nos treinamentos do produto foi muito positivo e o engajamento dos profissionais que participaram das partidas foi notadamente melhor”, completa a executiva.

Embora sejam válidos para treinamentos de adultos com diferentes faixas etárias, o uso de games se mostra especialmente bem recebido pelos representantes da geração Y. Nascidos entre as décadas de 1980 e 1990, esses profissionais cresceram acompanhando a expansão de jogos de tabuleiros, além da popularização e aprimoramento de fliperamas e videogames domésticos. “Estes profissionais cresceram explorando o universo mais lúdico, então, é comum que se mostrem mais envolvidos com iniciativas de capacitação que sigam estes formatos. As experiências de sucesso com uso de ferramentas de Gamification, e também de World Café, além de elevar o engajamento tem contribuído para a alavancagem de resultados do time de vendas. Por essa razão, decidimos expandir o uso desses recursos através da mudança de nossa plataforma de elearning. O novo modelo, já em implantação, usará Gamification para alavancar a automotivação dos colaboradores em todos treinamentos internos”, finaliza Soraya.

comentários