Dai-me forças para fazer o que não gosto

    0
    876

    Você já tentou fazer algo que precisa ser feito, mas simplesmente não consegue? Nessa situação, por mais que você tente, a tarefa parece ficar cada vez mais pesada e insuportável?

    Se sim, confira algumas dicas de William Ferraz, especialista em inteligência emocional do Instituto Ideah de São Paulo. “Elas são ferramentas poderosas que conseguimos aprender facilmente e aplicá-las diariamente, em várias situações, conhecendo a Programação Neurolinguística (PNL)”, conta.

    1. Perceba o que realmente não o deixa realizar tal tarefa
    Talvez a tarefa não seja o problema, mas o que realmente o impeça possa ser respondido por uma limitação que você nem tenha percebido que existe em você como, por exemplo, um trauma de infância ou até mesmo uma situação que o deixou incomodado. Nesses casos, seu inconsciente envia mensagens para que você não saia da sua “zona de conforto” e realize uma simples tarefa.

    2. Enxergue a realidade de fato
    Tente enxergar a tarefa que você deve realizar, mas não consegue, como se estivesse fora da situação; imagine você assistindo a alguém realizando tal tarefa, como um simples observador. Dessa forma, você conseguirá retirar os sentimentos que estão associados com tal atividade, enxergando apenas a ação. Dissociar a ação das emoções, nesse caso,
    poderá facilitar muito na execução da tarefa.

    3. Evite comparar o resultado obtido por outras pessoas, principalmente quando ele foi excepcionalmente positivo
    É natural que desejemos sempre fazer o melhor; portanto, a comparação pode motivar, mas também pode ser um fator que inibe por você pensar na possibilidade de não realizar uma determinada tarefa de forma tão eficiente. Portanto, faça comparações de você mesmo com o seu melhor apenas.

    4. Buscar uma situação oposta também auxilia muito
    Que tal você pensar intensamente sobre o que sente quando está realizando algo que adora e o faz com muita facilidade e satisfação? O simples fato de trazer essa situação para o presente pode mudar a fisiologia do seu corpo, a liberação de hormônios, e isso poderá ajudá-lo a criar uma situação que desafia sua desmotivação.

    5. Tente enxergar o que de positivo acontecerá se tal tarefa for executada plenamente
    Quais pessoas serão favorecidas? O que poderá contribuir para o trabalho geral de um grupo? Fazendo a si mesmo essas perguntas, por exemplo, você perceberá um objetivo maior e talvez até uma intenção positiva que o auxiliará na realização de tal tarefa.

    6. Cuide da sua autoestima e pratique durante alguns dias o autoelogio
    Estas, talvez, sejam as mais importantes das dicas. Faça isso de forma regrada, durante duas semanas, todos os dias: elogie algo da sua própria imagem ou algum comportamento ou habilidades que gosta de ter, nem que seja comentar sobre o seu sorriso, cabelo, uma curva do rosto, uma facilidade que tem para algo, uma habilidade, algo que faça bem, enfim, qualquer coisa.

    comentários