Espelho, espelho meu

0
374

Em um processo de seleção, não são só o currículo e as experiências profissionais do candidato que fazem a diferença: a imagem pessoal e o comportamento que ele apresenta nesse processo mostram seu empenho para alcançar a vaga desejada. Como explica a consultora de imagem Nara Lyon, vestir-se adequadamente significa o comprometimento e sintonia com a cultura da empresa. “Em primeiro lugar, a imagem profissional nunca estará separada da pessoal. Aparência, postura e comportamento representam mais da metade da sua boa imagem”, afirma. Afinal, esse novo colaborador será também a marca da empresa no mercado. Por isso, é preciso que, além das roupas e acessórios, o recrutador atente à comunicação, postura e aos sinais comportamentais que mostrem inverdades e exageros. 

comentários