Fique mais amigo do seu coração

18,4 milhões de brasileiros com mais de 18 anos apresentam colesterol alto, o que representa 12,5% da população adulta

0
2728

Sabe aquela imagem de um hambúrguer suculento acompanhado de batatas fritas crocantes e de um refrigerante gelado? Pois essa é uma das primeiras tentações que você deve evitar para manter a taxa de colesterol em níveis aceitáveis.

Como se sabe, as alterações nos níveis do colesterol estão diretamente relacionadas à nossa alimentação. Por isso, diminuir o uso de óleo e evitar o consumo de alimentos gordurosos são dicas fundamentais. Mas muitas pessoas não as levam a sério. Segundo dados do Ministério da Saúde, 12,5% da população adulta tem colesterol alto. Em excesso, esse acúmulo de gordura estreita a passagem do sangue no corpo, aumentando o risco de infarto ou derrame.

O colesterol alto não apresenta sintomas claros, por isso é preciso estar atento ao ganho de peso e histórico de problemas cardiovasculares na família. Para evitar complicações, recomenda-se fazer exame de sangue pelo menos uma vez ao ano. Outra dica para manter a saúde do coração em dia é observar a quantidade de sal ingerida: seu elevado consumo pode ser prejudicial ao coração, devido ao aumento da pressão arterial.

Por outro lado, há alimentos que ajudam a diminuir o nível de colesterol ruim no sangue. É o caso das fibras, presentes nos cereais integrais, vegetais e frutas. Os probióticos encontrados no iogurte também são benéficos na redução do colesterol.

Porém, um pequeno alerta: consuma iogurtes desnatados ou light (com redução de gorduras e açúcares). E não deixe também de praticar atividades físicas regularmente e de buscar orientação médica!

comentários