Gerar e manter a energia das pessoas

0
525

A Elektro trabalha com um dos serviços mais essenciais para a sociedade, que é a distribuição de energia elétrica. São mais de 2,4 milhões de clientes que diariamente utilizam esse serviço para trabalhar, estudar, fazer suas refeições e desfrutar de momentos de lazer. E por ser um serviço essencial, é preciso que cada um dos envolvidos esteja 100% comprometido com a prestação de um serviço de qualidade. Para isso, é necessário ir além para ter uma equipe engajada, fazendo com que cada um encontre um significado maior em seu trabalho. Engajada e bem-capacitada.

A empresa possui uma área chamada Educação Corporativa Elektro (ECE), que é responsável por promover o desenvolvimento de colaboradores e parceiros da empresa, direcionando estratégias de educação por meio da criação de programas de formação junto às áreas de negócio. Em 2014, os investimentos em desenvolvimento de pessoas atingiram o patamar de R$ 3 milhões.

No ano passado, teve início o processo de implantação da Universidade Corporativa Elektro, que funcionará como uma espécie de “guarda-chuva” estratégico, abrigando debaixo de si todas as ações para formar, desenvolver e educar os mais variados públicos da Elektro, como colaboradores, clientes, fornecedores e a comunidade de uma maneira geral.

A estruturação da universidade corporativa envolveu etapas como definição da estrutura, avaliação de necessidades, revisão das competências técnicas e análise de todas as trilhas de aprendizagem. As trilhas de aprendizagem permeiam as cinco escolas dentro da Universidade Elektro: Escola de Líderes; Escola de Sustentabilidade; Escola do Setor Elétrico; Escola Comercial; e Escola de Negócios e Mercado.

Atualmente, a empresa oferece mais de 200 tipos de treinamento.  Em 2014, foram realizadas mais de 146 mil horas de treinamento. Anualmente, é feito o processo de levantamento das necessidades e todos os treinamentos solicitados têm um viés de aprimoramento na função, bem como as necessidades estratégicas da empresa.

Uma novidade introduzida no ano passado foi o sistema de coparticipação para subsidiar treinamentos de interesse exclusivo do colaborador. Funciona assim: o colaborador identifica um determinado treinamento externo que considera importante para seu desenvolvimento, mesmo que não ligado diretamente à área de atuação. Em seguida, ele solicita o apoio da empresa para o curso. Se o pedido for aprovado, a Elektro subsidia parte do valor do curso, sendo que a outra parte deve ser paga pelo próprio colaborador.

Para garantir a equidade das metodologias dos treinamentos e manter a qualidade das ações de desenvolvimento, a empresa adota um sistema de gestão e controle. Esse sistema permite mensurar e avaliar os resultados dos treinamentos por meio de quatro tipos de avaliação: avaliações de reação (consideram o nível de satisfação dos participantes em relação ao treinamento); avaliações do conhecimento (avaliam o nível de conhecimento técnico e teórico adquirido); avaliações de aproveitamento (atestam o nível de absorção da capacitação teórica e prática); avaliações de eficácia (analisam se os objetivos da aprendizagem foram alcançados).

Dever da empresa

Por ter uma preocupação com as pessoas, a empresa procura estar atenta às suas necessidades, tanto na esfera profissional quanto pessoal. Paralelamente aos estímulos para o desenvolvimento profissional e a participação na tomada de decisões da empresa, a Elektro investe em ações com foco na felicidade e qualidade de vida.

Para a empresa, é dever dela oferecer excelentes condições de trabalho e desenvolver as ações necessárias para que os colaboradores se sintam felizes tanto com a vida pessoal quanto a profissional. As ações nesse sentido estão estruturadas a partir do programa Estar Bem Elektro, que conta com as vertentes: saúde, família, lazer, equilíbrio financeiro, voluntariado e carreira.

Um dos destaques do programa é preocupação com a saúde. A busca por uma vida saudável é um dos alicerces da política de qualidade de vida existente hoje na Elektro. Há várias ações desenvolvidas que possibilitam um ganho para a saúde do colaborador. Além de todos os serviços proporcionados pelo convênio médico, há uma equipe interna de saúde especializada e extremamente dedicada. Atualmente, essa equipe se reporta à gerência de recursos humanos. Todos os programas e ações são de responsabilidade desse time, tais como: atendimento nutricional, exames periódicos, incentivo às atividades físicas, ginástica laboral, entre outras.

Coerência 
Para ser uma das melhores, dois pontos são fundamentais: uma liderança com o interesse genuíno pelas pessoas e uma comunicação robusta e transparente. Com isso, obtém-se a coerência entre o discurso e a prática em todos os níveis da organização, e cria-se um ambiente de respeito e confiança.

Fabricia Abreu, diretora de RH e sustentabilidade

 

Boas práticas 
â–º Bloqueio de computador: para que ninguém fique além das 8 horas de trabalho diário, quando a jornada está prestes a acabar, uma mensagem surge na tela do computador informando que o equipamento será automaticamente desligado em alguns minutos. Para continuar trabalhando, o colaborador deve justificar ao seu gestor essa necessidade e, somente se ele concordar e aprovar, haverá o desbloqueio.

â–º Incentivo ao esporte: a Elektro conta com uma equipe de profissionais de educação física e uma academia na sede. Para quem trabalha em outras regiões, a empresa mantém convênio com academias espalhadas pela área de concessão.

â–º Programa de Idiomas: a empresa oferece bolsas de estudos de 50% do valor da mensalidade dos cursos de inglês e espanhol. Quem quiser, pode estudar por meio do curso on-line, desembolsando para isso uma quantia simbólica de R$ 20 mensais.

 


A Elektro Eletricidade e Serviços está entre as maiores empresas de distribuição de energia elétrica do Brasil. Atualmente, atende mais de 6 milhões de pessoas em 223 municípios paulistas e outros 5 localizados no Estado do Mato Grosso do Sul.

comentários