Medo de falar em público atrapalha a vida pessoal e profissional

    0
    679

    De acordo com pesquisa realizada pelo jornal inglês Sunday Times, o medo de falar em público é mais comum do que se imagina. E isso pode ser um complicador na hora de conseguir uma oportunidade no mercado de trabalho ou até mesmo nos relacionamentos interpessoais.

    A Glossofobia, nome técnico para o medo de falar em público, causa ansiedade, fobia social e pânico. Suas origens são as mais variadas, podendo ser decorrentes do tipo de educação recebida, falta de experiência, tentativas anteriores sem sucesso, falta de confiança, entre outros. Para escapar de situações constrangedoras, muitas vezes, as pessoas arranjam desculpas, principalmente, quando há grande público ouvinte.

    Porém, todas as pessoas podem superar esse medo. Reinaldo Passadori, CEO do Instituto Passadori, focada em potencializar o capital intelectual das empresas, é professor de Oratória e Expressão Verbal e já treinou pessoas com dificuldades diversas, principalmente com medo de falar em público ou de palco. “Você pode, qualquer pessoa pode, desde que deseje mudar e enfrentar seu medo”, afirma Passadori.

    Para tanto, aprender e desenvolver recursos de oratória são fundamentais, tais como, usar bem a voz, fazer gestos adequados, saber como planejar e organizar seu conteúdo intelectual, mantendo coerência e precisão, corrigir eventuais erros gramaticais ou vícios de linguagem e utilizar adequadamente os recursos audiovisuais. O especialista em comunicação verbal dá algumas dicas para superar o medo de falar em público:

    • Aprenda a relaxar, fazendo exercícios de respiração, meditação, relaxando seus músculos, movimentando a cabeça, friccionando as mãos, mantendo uma postura firme e decidida;
    • Acredite em você mesmo, no seu imenso potencial. Mentalize-se tendo sucesso e sendo reconhecido pelo seu esforço de falar, sendo aplaudido pelo público e parabenizado pelo seu diretor ou superior imediato;
    • Conheça bem sobre o assunto que irá falar, saiba especialmente como iniciar; se necessário, tenha uma pequena anotação para alguma emergência, caso;
    • Mesmo que esteja tenso, não demonstre, procure andar com passos firmes, sem exagero, olhe para as pessoas (nos olhos), posicione-se, cumprimente todos e comece a falar;
    • Tenha uma estratégia bem preparada para iniciar. Por exemplo, fazer algumas perguntas para quebrar o gelo, contar um fato que seja relacionado com o tema, apresentar o objetivo da sua apresentação, usar um pensamento ou provérbio ou uma mensagem alusiva ao tema que irá abordar;
    • Conheça suas virtudes, apoie-se nelas, resgate momentos que teve coragem, firmeza para enfrentar situações difíceis na sua vida e procure trazer essas lembranças para esse momento. Talvez você se surpreenda como isso é poderoso;
    • Por último, treine muito; procure dar aulas, fale em reuniões, ouse dar a sua opinião, mesmo que seja simples, não importa; conte piadas no seu grupo de amigos, defenda seu ponto de vista, lute por uma causa.

    comentários