Monsanto do Brasil é premiada por inclusão de trabalhadores com deficiência

    0
    754

    No fim de 2016, a Monsanto foi reconhecida durante a premiação Melhores empresas para trabalhadores com deficiência, iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SEDPcD) de São Paulo em parceria com o Centro de Tecnologia e Inclusão (CTI). O objetivo principal da ação, que chega à sua terceira edição, é ser um instrumento de apoio à inclusão profissional de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, com foco na qualidade deste processo, além de incentivar constantes melhorias nas iniciativas de empresas de todo o Estado de São Paulo.
    “Este reconhecimento é muito importante para nós, pois é muito representativo quando instituições externas valorizam o trabalho que desenvolvemos”, explicou Aline Cintra, líder de RH da Monsanto para a América do Sul. Para ela, a iniciativa reforça as estratégias de inclusão e diversidade da empresa. “Nossos esforços estão ganhando visibilidade com os nossos stakeholders e, assim, conseguimos ampliar para a comunidade os debates de I&D, que vêm ganhando cada vez mais força na nossa cultura”, destacou.
    Com o objetivo de oferecer um ambiente profissional cada vez mais inclusivo, há quase três anos a empresa lançou o programa Diversidade e Inclusão, que conta com os pilares PCDs sem Fronteiras, Mulheres 360º e Aliança LGBTA. Renata Costa, responsável por customer service em soja e algodão e líder do network de PCDs, explica que a missão do pilar é elaborar, incentivar e colocar em execução práticas inclusivas que possibilitem superar fronteiras no ambiente de trabalho, oferecendo igualdade de oportunidades e desenvolvimentos a todos. Com o lema Progredindo com a diferença, o comitê trabalha questões como comunicação e sensibilização, acessibilidade, plano de carreira e atração de PCDs para diversos níveis. “Somente assim teremos oportunidades iguais para todos. Estou orgulhosa e realizada porque este reconhecimento demonstra que estamos no caminho correto para conseguirmos atingir nossa missão”, concluiu.
    Em dezembro, a Monsanto do Brasil também recebeu reconhecimento global por boas práticas para trabalhadores com deficiência, ação que aconteceu na sede da ONU em Nova York (EUA). O reconhecimento global foi entregue durante evento de comemoração dos 10 anos da resolução que estabeleceu a Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência, que tem o objetivo de proteger e garantir o total e igual acesso a todos os direitos humanos e liberdades fundamentais por todas as pessoas com deficiência, e promover o respeito à sua dignidade.

    comentários