O comportamento dos brasileiros no mercado de trabalho

0
535

Pesquisa feita pelo LinkedIn mostra curiosidades – e contradições – sobre o comportamento dos brasileiros quando o assunto é remodelar a marca profissional, seja on-line ou no ambiente de trabalho.

“A forma de conduzir a marca profissional muda em cada país e a cada geração, mas a preocupação em construi-la é presente em todos os mercados”, diz Fernanda Brunsizian, gerente sênior de comunicação do LinkedIn para a América Latina. “Além da presença on-line, existem outros componentes que as pessoas consideram para fortalecer sua marca profissional, incluindo a forma como se vestem, como compartilham suas opiniões e seu histórico profissional.”


Com que roupa eu vou?

Enquanto muitos ambientes de trabalho têm implementado códigos de vestimenta mais liberais e casuais, os profissionais ainda se vestem para impressionar. No Brasil, 11% investem o mesmo tempo se arrumando para o trabalho como para sair à noite, e 48% das mulheres acreditam que são mais julgadas pelo que vestem no trabalho do que os homens.

 +
O estudo, batizado de New Norms @ Work, foi feito em parceria com a Censuswide, que ajudou a examinar mais de 15 mil profissionais em tempo integral em todo o mundo. Os entrevistados têm idades entre 18 e 66 anos e moram em 19 países, incluindo os EUA, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, China (Hong Kong), Índia, Indonésia, Itália, Japão, Malásia, México, Holanda, Cingapura, Espanha, Suécia e Reino Unido.

comentários