Prontos para voar

0
210

Você é um gestor de alta performance? Mas o que é ser isso? Qual seria o indicador que poderia apontar que esse ou aquele gestor é de alta performance? Essas são perguntas que nem sempre possuem uma única resposta, pois dependem do ponto de vista de quem analisa.

Podemos discorrer em várias páginas sobre o que indica um gestor de alta performance, segundo esse ou aquele autor ou “guru”, mas, possivelmente, você discordaria em alguns pontos. Dessa forma, para não investir o seu tempo em algo que não lhe dará retorno, vou colocar o meu ponto de vista.

Hoje, o líder deve ser muito dinâmico, pois o mundo está extremamente dinâmico; as coisas surgem e somem com uma velocidade absurda. Uma criação inovadora pode se tornar obsoleta em menos de 12 meses, ou seja, o ciclo de criação está cada vez menor e o dos produtos e negócios também.

Acredito que uma das grandes dificuldades, atualmente, é assimilar essa mudança, o que não é fácil, e com elas vêm as culturas do “curto-prazismo”, do mercado e das novas lideranças. Utilizando um conceito de Ram Charam, muitos negligenciam a sequência natural do pipeline de liderança. Com isso, são quebradas etapas de desenvolvimento em função dessa necessidade de urgência, ou seja, antes de estarem prontos, os futuros líderes são jogados no fogo. É claro que alguns se salvam, mas a maioria se queima.

Planejamento

Então, como fazer a coisa certa para cultivar esses futuros líderes? Da mesma forma que devemos utilizar protótipos para testar um produto antes de produzi-lo em larga escala, o mesmo precisa ser feito com eles. Para mim, um programa de trainee é uma grande ferramenta que pode ser utilizada nesse caso.

Em um programa de trainee bem formatado, os futuros líderes passarão por todas as etapas em que necessariamente deverão estar contemplados os processos estratégico, operacional e de pessoas.  Nesse momento, serão testadas as suas qualidades na execução de estratégias de inovação e agilidade em protótipos de negócio. É o momento de desenvolver a capacidade na liderança em explorar as melhores práticas que permitam à empresa evoluir, competir e ter sucesso em mercados cada vez mais lotados e complexos.

Esse programa deve transformar a perspectiva dos candidatos sobre liderança e gestão e construir líderes fortes para se destacarem na gestão do dia a dia. Assim, conseguirão comandar a empresa por meio da formulação e execução de estratégias, organização de construção de planos de ação, implementação de mudanças, entre outras.

Tudo isso precisa ser possível num programa de trainee bem formatado e gerenciado. É necessário que o foco seja testar esses futuros líderes, oferecendo oportunidades, e considerar diversas abordagens para torná-los mais eficazes na função e pessoas que possam assumir novos desafios. O que deve abordar um programa bem estruturado? Seguem algumas características que acredito serem importantes:

> Estabelecer uma visão estratégica para o seu negócio;

> Proporcionar experiência de todo o espectro de negócios para melhorar os processos e o desempenho do negócio;

> Criar processos para inovar continuamente durante a execução de negócios;

> Mudar a ligação por meio da manutenção de um senso de urgência, garantindo que novas ideias não sejam abatidas antes de saírem do papel;

> Desenvolver um plano de ação utilizando as práticas inovadoras para produzir resultados mensuráveis, com impacto sustentável no seu negócio.


Amauri Nóbrega é consultor executivo, palestrante, coach, escritor, conselheiro e especialista em estratégia e finanças

comentários