Raio X da educação corporativa

0
1483

518 reais. Esse é o investimento médio das empresas por profissional no Brasil. Nos EUA, esse valor é mais que o dobro, chegando a US$ 1.208.

1,38 milhão de reais é o orçamento médio anual em treinamento e desenvolvimento nas corporações nacionais com mais de 500 colaboradores.

70% das organizações ouvidas afirmam basear sua verba anual em T&D nos gastos dos anos anteriores. Elas também se guiam pelos seguintes fatores: planejamento futuro (59%) e porcentagem sobre o faturamento (32%).

80% das empresas apontam que liderança é um dos principais assuntos que farão parte dos treinamentos. O tema é seguido por atendimento ao cliente (60%) e tempo (60%) para as empresas de terceiro setor; comportamental (41%) para as de serviço; técnico (37%) para a indústria; e vendas (71%) para o comércio.

15% é o que o e-learning ou EAD representa do total de treinamentos nas empresas. Essa modalidade registrou um crescimento de 33% em 2015 ante o ano anterior.

24% do total de cursos EAD contam com professores, no geral. Já o autotreinamento, aquele sem a presença de professores, lidera no segmento de EAD no setor privado, com 76%.

47% do total de corporações com mais de 5 mil colaboradores possui o próprio centro de formação profissional.


Fonte: O Panorama do Treinamento no Brasil, pesquisa da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD) com o apoio da Association for Talent Development (ATD) e feita em parceria com a Integração Escola de Negócios. Foram ouvidas 425 empresas do setor de treinamento e desenvolvimento (T&D).

comentários