Sem linha no horizonte

0
242

O dado parece preocupante: 70% das empresas ainda não oferecem plano de carreira, segundo levantamento anual da Catho. No ano passado, esse percentual era de 66,7%. “Ainda há falta de clareza das organizações sobre a importância dessa questão. Por outro lado, o profissional também tem de cuidar da própria carreira e ser capaz de discuti-la com a companhia”, explica Murilo Cavellucci, diretor de gente e gestão da Catho.

Junto à falta de clareza em relação à própria carreira, a desaceleração da economia contribuiu para que 50% dos entrevistados avaliassem a perspectiva de crescimento profissional como ruim ou péssima. A pesquisa ouviu mais de 23 mil respondentes, no Brasil, entre junho e julho deste ano.

comentários