Sentir-se jovem favorece conquistas profissionais, diz pesquisa

0
389

Quanto mais jovens os colaboradores de uma empresa se sentem, mais eles cumprem as metas e mais a performance do negócio cresce. É o que revelou uma pesquisa feita pela Universidade de Konstanz na Alemanha. O estudo mensurou qual a idade com que os colaboradores se “sentem” e a diferença entre sua real quantidade de anos. Os resultados indicaram uma forte relação entre sentir-se mais jovem do que a idade real e a produtividade.

A média encontrada da diferença entre a idade “de espírito” e a idade real foi de 4,4 anos. Os menores de 25 anos tinham a tendência de sentir-se mais velhos – em média 1 ano. Enquanto isso, os que tinham na realidade entre 30 e 49 anos sentiam-se, em média, 5 anos mais novos. Entre os profissionais com mais de 50 anos de idade, esta média ficou em 8 anos.

A pesquisa também revelou que quanto mais a idade “de espírito” dos colaboradores de uma empresa cai, eles tendem a ser mais produtivos. Florian Kunze, que conduziu a pesquisa, ressalta que esta relação é mais forte em empresas que têm um ambiente dinâmico. A pesquisa foi feita com mais de 15 mil colaboradores de 107 empresas alemãs.

comentários