Site conecta refugiados e imigrantes no Brasil a empregadores

0
1019


Síria sendo atendida em ação da Prefeitura de São Paulo | Crédito: Eduardo Ogata/São Paulo Carinhosa 

Só em 2014, o Brasil recebeu 8.302 pedidos de refúgio, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), da ONU. Além das pessoas que vêm de países em guerra, também buscam o Brasil aqueles imigrantes cujos países de origem estão em situação política instável, como o Haiti. Pensando nisso, um grupo de voluntários criou o site Estou refugiado!, que compilou perfis de refugiados que estão no País e tornou pública as necessidades de cada um – em sua maioria, um emprego.

Engenheiros, médicos, vendedores, cineastas e bancários. Além de refugiados, quem chega ao Brasil frequentemente tem boa qualificação profissional, além de falar vários idiomas. Na plataforma, é possível saber a origem, a história e a profissão destas pessoas. Assim, o site permite que possíveis empregadores entrem em contato com eles oferecendo oportunidades. A realização é da agência Plano Digital.

comentários